O custo do pessoal nas empresas

Vamos iniciar nosso comentário desta semana sobre o custo do pessoal nas empresas, o conceito de custos é amplamente utilizado na industria e na prestação de serviços, porém entendemos que ele cai perfeitamente bem no comércio, pois hoje o comércio cada vez mais tem o seu maior lucro na prestação de serviços de qualidade e garantia de atendimento diferenciado.

É de suma importância termos um provisionamento mensal dos custos com 13º salário e férias mensalmente, pois esta é uma prática por meio da qual são distribuídos uniformemente os custos com salários mensalmente, onde ele se transforma em um importante componente do custo, para fins gerenciais.

O valor a ser provisionado é calculado na base de 1/12 da remuneração dos empregados, que tiverem trabalhado no mínimo 15 dias no mês em curso, cabendo ajustes no valor provisionado nos meses anteriores, na ocorrência de reajustes salariais.

Como o reajuste gera distorções nos resultado mensais, em face da não-uniformidade na apropriação do encargo, para não prejudicar a análise gerencial desses resultados, recomendamos que seja provisionado o valor correspondente ao reajuste em parcelas mensais tomando como base o valor correspondente ao aumento aplicado percentualmente com base em tantos doze avos, quanto sejam precisos para o fechamento da equação 12/12.

Como o pagamento do 13º é efetuado, metade, por ocasião do pagamento das férias concedidas a partir do mês de fevereiro, quando solicitado pelo funcionário, ou até 30 de novembro, e o saldo restante até 20 de dezembro ou por ocasião da rescisão de contrato de trabalho, devemos considerar que tanto as férias, quanto o 13.º salários são incorridos no próprio mês de trabalho, ou seja, a partir do décimo quinto dia de trabalho o empregado tem direito adquirido sobre a remuneração de férias com mais um terço e o 13º salário.

Comentários

  1. eliana soares

    gostaria de saber qual é o custo de um funcionário p/uma empresa a nivel de impostos (inss,fgts,….)
    Difere entre industria, comércio e prestação de serviço???

  2. Helio Rodrigues Araujo

    Eliana Soares

    No que se refere a impostos o custo do INSS é de 20% + 1%, 2% ou 3% de SAT, e 5,6% de contribuições com terceiros (sesc, senai, etc) a cargo da empresa para algumas atividades optantes pelo simples e nas não optantes, para isso consulte o CNAE da sua empresa no site do simples na receita federal; o custo do FGTS é de 8% acrescido de 50% a ser pago quando da rescisão contratual sem justa causa, para qualquer forma de opção.

    Um abraço e sucesso

    Hélio R. Araújo

  3. Jose Linhares

    Gostaria de saber qual deve ser o percentual máximo de gasto com pessoal (exceto o pessoal médico) em uma clínica médica para ser viável?
    Grato pela ajuda.
    Linhares

  4. Helio Rodrigues Araujo

    José Linhares

    O percentual máximo para uma prestadora de serviço, caso da clinica médica, deve ser de 40%.

    Um abraço e sucesso

  5. cristina

    falta conteúdo específico para meu trabalho escolar

  6. Helio Rodrigues Araujo

    Cristina

    sinto não poder ajuda-la.

    Um abraço e sucesso

  7. Lícia

    Gostaria de saber qual o percentual ideal que os custos com pessoal pode ter com relação ao meu faturamento, para saber se é necessário fazer corte de pessoal ou se é possível aumentar o salário do funcionários.
    No caso trata-se de um restaurante.
    Obrigada,
    Lícia

  8. Helio Rodrigues Araujo

    Lícia

    Cada empresa tem suas peculiaridades, porém via de regra, o sr precisa verificar se os custos e despesas estão na margem de 90% do valor das suas receitas. Empiricamente e sem conhecer sua empresa, podemos considerar que os custos (gastos que o sr faz para produzir suas refeições) sejam de até 70% do valor de sua receita. As despesas (gastos para vender suas refeições) sejam de até 20% do valor de suas receitas. Portanto no seu caso o sr deve considerar que o pessoal da cozinha tem os salários vinculados aos custos e o pessoal do caixa, atendimento nas mesas, tem os seus salários vinculados as despesas. Portanto com base nesses numeros o sr tem condições de saber se faz corte e onde, também se pode dar aumentos e onde. Caso os seus custos sejam superiores aos valores e as despesas inferiores, o sr. pode considerar tudo como gasto, pois o importante é que os gastos totais não sejam superiores a 90% do total de suas receitas.

    Um abraço e sucesso

  9. Paola

    Boa tarde !

    Gostaria de receber informações e ideia de estrutura para analise de custo de pessoal na folha de pagamento !! Seria possivel mandar informações ? item e qual as informações que devo ter para analise de custo

    Grata
    Paola

  10. Helio Rodrigues Araujo

    Paola

    Entendemos que esta estrutura tem que tomar como base individualmente o salario bruto do funcionário, bem como um amplo conhecimento sobre as clausulas que incidem sobre o salário, para ser montada uma analise custo com uma boa base legal. As informações devem ser individuais, pois a partir do momento que o funcionário trabalha 14 dias ele já tem direitos que devem ser considerados como custo imediatamente.

    Um abraço e sucesso

Comente