Materia publicada jornal o progresso

ANO NOVO – VELHOS PROBLEMAS

Você já parou para pensar por que algumas empresas vão tão mal e outras do mesmo ramo e operando nas mesmas condições de mercado, vão tão bem? Esta frase está em um dos melhores livros que já li, voltado à pequena empresa, “Gestão de Pequenas e Médias Empresas” do experiente Prof. Wagner Cezar Lucatto.

O diferencial está em quem dirige e em quem faz funcionar a empresa (sua equipe). Esta é a hora de reavaliar o desempenho de sua empresa. O trabalho de recuperação, de melhora de performance ou até mesmo superar as expectativas depende totalmente de pessoas capacitadas, motivadas e dispostas a sacrifícios de toda ordem, e isso inclui você, sócio ou gestor da pequena empresa.

Quando retornar das férias coletivas ou quando reiniciar as atividades e antes de entrar no mesmo ritmo frenético do ano anterior, reúna seu pessoal e faça uma avaliação do desempenho de sua empresa(sua equipe). Comece pela lucratividade que sua empresa(sua equipe) conseguiu, atingiu a meta ou não tinha meta, se não, comece a estabelecer objetivos (aonde você quer chegar) e metas ( números, percentuais específicos ou especificar a meta).

Temos que separar os objetivos das metas, porque os objetivos podem ser muito vagos, exemplo: aumentar as vendas, reduzir custos, treinar pessoal; mas as metas devem ser claras e específicas, tais como: aumentar as vendas em 10% nos produtos A, B e C; reduzir os custos fixos em 10% e os custos variáveis em 5%; treinar o pessoal de vendas em cursos de “Abordagem Eficaz” e “Atendimento à Clientes”; treinar o pessoal de produção em cursos de “Qualidade Total” e “Desperdício Zero”; treinar o pessoal de estoques em cursos de “Just in Time” e “Controle Eficaz dos Estoques”.

Se você empresário ou gestor for liberal e permitir que seus colaboradores participem das decisões da empresa, solicite a eles nesta reunião de início de ano sugestões de como poderá melhorar, mesmo que as sugestões sejam para outras áreas, pois quem está em outro departamento, enxerga melhor as soluções.

Deixe esse processo fluir na sua empresa sem que se torne uma crítica aos outros departamentos, mas sugestões práticas e objetivas, com seriedade de uma equipe madura e participativa, e comece a monitorar as mudanças.

Se o problema da empresa é de caixa, isto é, as entradas são insuficientes para pagar os compromissos e você já começou a atrasar os impostos, é um indício que logo começará a atrasar os fornecedores. Neste caso poderá estar ocorrendo, descontrole dos prazos de recebimentos, ou dos descontos concedidos nas vendas, ou erro na formação dos preços de vendas, ou excesso de estocagem, sem falar que as vendas poderão estar baixas.

Faça um controle efetivo de suas disponibilidades financeiras, entenda que os valores que sua empresa recebe dos clientes (nas vendas a prazo) e das vendas a vista, tem que liquidar todas as suas despesas e custos operacionais e repor todos os seus estoques, caso isso não esteja acontecendo, precisam ser reavaliados todos os seus preços, desde os de aquisição até os de venda, pois são eles (em conjunto) que determinam a sua lucratividade.

Mas, o importante de tudo isso é a conscientização do empresário ou gestor que a empresa tem problemas ou quer atingir melhores metas, ou que sua equipe precisa de motivação e melhor qualificação ou até mesmo ser reestruturada, isto é, homens certos nos lugares certos.

Não deixe de refletir também sobre suas reais limitações como comandante, e gestor dos seus negócios, você pode ser um excelente engenheiro ou técnico, mas sem formação de Gestão, tais como, Administração e Finanças, Marketing, Formação de Preços, Controle de Estoques, Fluxo de Caixa, Ponto de Equilíbrio por Produto, Planejamento Tributário ou da Legislação pertinente ao seu negócio ou até mesmo de Sistemas eficientes de Informações Gerenciais.

Comece o ano com a cabeça aberta e com informações corretas para tomar decisões que irão dar sustentabilidade ao seu negócio.

Hélio R. Araújo – Diretor para assuntos contábeis e tributários – ACII.

 

Comente